Como se proteger contra a homofobia?


No mês de Junho, foi realizado em São Paulo a  19ª Parada do Orgulho LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). Apesar de muito criticada e repercutida (principalmente por religiosos) pela "ofensa" à igreja, o evento conseguiu chamar a atenção para o que realmente importa: a falta de segurança e a dor enfrentada por muitos homossexuais que são discriminados e as vezes até mortos por homofóbicos.

Eu, particularmente, não vejo como ofensa à igreja e compreendo a manifestação como um pedido de socorro, porém acredito que cada um possui cultura e individualidades próprias que merecem e devem ser respeitadas, por isso também compreendo as pessoas que viram a manifestação como uma ofensa à sua religião. Acredito que tentar entender o outro deve fazer parte do senso comum de todos nós que queremos ser entendidos e aceitos pela sociedade, mas também compreendo quem se opõe a essa humilde opinião deste blogueiro.

A homofobia humilha, tortura e mata muitos de nós, mas como se proteger disso tudo? 

Com o objetivo de auxiliar no combate, um novo aplicativo chamado "GPSGAY" oferece espaço para que os usuários façam postagens públicas caso sofram atos homofóbicos. Dessa forma, fica registrado o local, horário e quantidade de eventos na mesma região. Para a fundadora do aplicativo, a Magdalena Rodriguez, ter a possibilidade de mostrar às outras pessoas onde há casos de homofobia é uma forma de evitá-la e combate-la. "Atualmente são quase 80 mil usuários no Brasil. No momento, o país é o número um em ingresso à rede, superando México e Colômbia, que antes eram os primeiros da lista", comemora a fundadora e designer gráfico numa entrevista com o Mais Discreto.

Ahhh pessoal, a Magdalena também esclareceu que o foco é atender às necessidades mais voltadas ao bem-estar, segurança e ao estilo de vida do público LGBT e não a encontros sexuais (é, não é um App de encontros ok? rs). O aplicativo é gratuito, e está disponível para dispositivos com android ou Iphones, acredito que atualmente é uma das melhores formas de se proteger contra a homofobia, porém, claro que a gente não deve dar chances para uma agressão, evitando andar sozinho em horários da madrugada, afinal esse é um dos itens de segurança que faz parte do dia a dia de todos os brasileiros, todos nós vivemos com medo da violência que vêm de todos os lados. A mensagem de hoje é: Proteja-se o quanto puder e seja um percusor na geração de amor, evitando dessa forma a dor. ;)




Links relacionados:



Homossexualismo ou homossexualidade?


Relacionamento Gay: Beleza interior ou exterior? O que é mais importante?


Comentários

  1. Para ampliar esta multifacetada discussão sugiro:
    http://saudepublicada.sul21.com.br/2015/06/22/homossexualidade-religiao-psiquiatria-uma-evolucao-5/

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Entrei no blog há alguns dias atrás e tenho curtido seus post. Porém veio uma dúvida, pq o nome do blog?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Gay passivo: Como fazer a xuca?

Gay: Como fazer um sexo oral perfeito ?

PRIMEIRA VEZ GAY: Como se preparar?