10 Dicas para se dar bem nos Apps de relacionamento

Essa semana tem uma publicação da autora do Blog "Meu Boy Magia", Verônica Vergava. Além de blogueira ela é autora do livro Meu Boy Magia, que ensina como conquistarmos o desejado príncipe encantado. Como não poderia deixar de ser, ela preparou uma das dicas para os leitores do Mais Discreto. Leiam esse texto super utilitário para os solteirões de plantão!




Por Verônica Vergava

Você acha que seu "gaydar" veio com probleminha de fábrica, está cansado de ir na balada e quer mesmo conhecer alguém de maneira prática e objetiva? Costuma viajar para outros lugares e não sabe como encontrar os gays da cidade?  Então, meu amigo, a tecnologia está a seu favor! 

Corra para a "buatchy" virtual! Isso mesmo, uma festa para qual você não precisa se arrumar, não precisa se deslocar e nem gastar dinheiro. Sim, estou falando dos famosos aplicativos de paquera, que encontram potenciais caras metades, seja lá onde você estiver. 

Certamente, ou provavelmente, você já ouviu falar do Grindr e do Tinder, que são os mais utilizados aqui no Brasil. Contudo, há várias outras opções: Scruff, Manhunt, Bender e muitos outros. Inclusive, alguns são voltados para tipos de gays específicos. É o caso, por exemplo, do u4Bear, app exclusivo para homens que são ou procuram o tipo “urso”.

Sem dúvidas, eles são a forma mais fácil, rápida e eficaz de conhecer outros gays. A única dificuldade será achar alguém que queira um relacionamento sério. De fato, a maioria dos que estão lá procura só por sexo. 

Alguns assuntos são inclusive bem diretos ao ponto: “o que você curte?”, “aqui ou aí?”. Mas, como tudo no mundo gay, isso não é regra.  Tem sim uma minoria disposta a conhecer alguém legal para algo mais especial. O segredo está em como você irá conduzir a conversa.

E antes de levar o papo com os usuários que lhe agradam para o mundo real, é bom tomar alguns cuidados para não cair em ciladas. Por isso, confira agora 10 dicas para se dar bem na balada da buatchy virtual:

1. USE UMA FOTO DO SEU ROSTO
Paisagens e bichinhos podem ser fofos, mas ninguém quer sair com um deles. Além disso, perfis sem foto de rosto geralmente têm algo a esconder: ou são feios, ou não querem ser descobertos. 

2. COMPLETE O PERFIL
Preencha seu perfil com o máximo de informações sobre você, como idade, etnia, altura e interesses. Quanto mais completo, maiores as chances de alguém entrar em contato.

3. NÃO MINTA NA DESCRIÇÃO
Não minta na descrição. Se você tem 1,60m, como irá ao encontro de alguém que acha que você tem 1,85m? O mesmo vale para peso. Não faça a magra, se está com uns quilinhos a mais. 

4. NÃO SENSUALIZE SE NÃO QUISER 
Não se assuste com a quantidade de fotos de abdomens e bíceps que você encontrará nos perfis. E não se sinta na obrigação de mostrar o seu. Ao contrário, prove que suas caraterísticas psicológicas são mais atraentes do que as físicas. 

5. SEJA SUTIL
Tenha simplicidade na hora de abordar alguém. Não chegue com perguntas pesadas e diretas, do tipo: “É ativo? Quer transar hoje?”.  Conduza o papo gentilmente e deixe que a própria conversa abra oportunidades para assuntos mais picantes. 

6.  INVESTIGUE DO QUE ELE GOSTA
Procure saber se vocês têm gostos em comum antes de se encontrar. Dessa forma, você evita algumas horas de silêncios constrangedores e conversas de elevador.

7. PEÇA MAIS FOTOS
Lembre-se, mais vale uma foto com o rosto aparente do que várias fotos com boné e óculos escuros. Além disso, todo mundo escolhe sua melhor foto para o perfil. É sempre bom se certificar de que o rostinho e o corpitcho continuam os mesmos nas demais. 

8. EXPANDA A RELAÇÃO PARA AS REDES SOCIAIS
Adicione o boy no facebook e veja se vocês têm amigos em comuns, onde ele trabalha, o que ele publica, o que curte. É uma boa forma de ter uma referência e tirar um termômetro para saber se é uma pessoa confiável e não um louco que vai te esquartejar. 

9.  ATENTE PARA O LOCAL DO ENCONTRO
Para não correr riscos, marque encontros em lugares públicos e movimentados. Afinal, não há garantias de que o boy tem as mesmas boas intenções que você. 

10. TENHA UMA CARTA NA MANGA
Não gostou do boy no face to face? O ideal é que você seja sincero, não se force a ficar com alguém por não conseguir fugir da situação. Uma boa estratégia para esses casos é já deixar avisado que talvez você tenha que sair mais cedo para um compromisso.

Curtiu? Gostou da matéria? Acesse o blog da Verônica e compre já o seu livro!

Comentários

  1. Já estive em todas as redes sociais possíveis e imagináveis, sempre seguindo a risca as 10 dicas. Estou solteiro desde a primeira que me cadastrei, Disponível.com, em 2008.

    As dicas são válidas, mas poucas pessoas seguem. E dessas poucas, menos ainda assinam o que escrevem. O fato é que, site de relacionamento para gays, é único e exclusivamente para sexo e/ou culto ao corpo. Os "casais" que saem de lá, voltam procurando uma terceira pessoa. É fácil chegar a essa conclusão em 5 minutos de cadastro.

    O único jeito de encontrar alguém bacana é a moda antiga: contando com o acaso. Sofre mais quem é desprovido de atrativos físicos. Vide meu caso!

    Rich

    ResponderExcluir
  2. concordo com a amigo!!

    ResponderExcluir
  3. também concordo, parece que fomos condenados a rodear por todas essas redes e não conseguir nada. ai você pensa, será que é comigo? porque eu não dou sorte?
    Infelizmente é assim

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Gay passivo: Como fazer a xuca?

Gay: Como fazer um sexo oral perfeito ?

PRIMEIRA VEZ GAY: Como se preparar?